terça-feira, 9 de julho de 2013

O TEU POEMA

EVOLUIR agradece ao autor o envio deste poema para publicação


José Carreto Lages

O teu Poema

Com a força da esperança
que o sol renova,
em cada alvorada,
escreverei um verso
em cada uma das pétalas
das rosas do teu jardim.
E tu, colhendo os versos,
pétala a pétala,
de cada uma das tuas rosas,
farás do puzzle das minhas palavras
o teu poema.

A doçura dos teus lábios húmidos
unirá as pétalas,
uma a uma,
que fixarás com a ponta do ciúme
e o inquebrável fio da saudade.
E terás o poema em livro
onde, ternamente, farás iluminuras
com o teu sorriso, a renascer.

9 comentários:

  1. Vir diariamente a este cantinho já faz parte da minha rotina. Descobri que vindo pela manhãzinha é otimo porque encontramos sempre textos muito bonitos, profundos e apaixonantes.

    ResponderEliminar
  2. Que lindo poema. Eu que gosto tanto da natureza, ao ler este poema fiquei encantada. Obrigada pela participação.

    ResponderEliminar
  3. Ao contrário da Maria Jorge, cheguei a este cantinho ao final da tarde. Encontrei ainda um jardim exuberante, pétalas unidas em rosas perfumadas... Um livro a abrir-se em poesia. Lindo!

    ResponderEliminar
  4. gm
    caríssimo amigo e colega
    julgo que reconheço este poema, do tempo em que estivemos no club de poesia da academia. Se não é o mesmo, é muito semelhante.
    belo, profundo, belíssimo, rico de conotações.
    pérola grande e preciosa numa concha brilhando no fundo do mar...

    ResponderEliminar
  5. Um livro repleto de pétalas que resistem ao tempo e em que os versos se eternizam pela intensidade do poema.

    ResponderEliminar
  6. "o teu poema" pretende transmitir alguma mensagem a "o meu poema?"
    aguardo resposta.
    gm

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desconhecia "O meu poema" mas procurei e encontrei. Estamos nas antípodas. Um é uma promessa lírica; outro acho demasiado ansioso. Já descobriu que não há tempo?: só espaço e movimento...Desfrute a vida e o tempo fica para depois...

      Eliminar
    2. obrigada pelo douto conselho e desculpe a ousadia da intervenção.
      gm

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...